Honda deve lançar motor flex para motos

Publicado: 2 de março de 2009 em Motos

No dia 12 de setembro de 2007, anunciei em matéria do caderno Motor, do Jornal A Tarde,  que, em breve, o brasileiro poderia pilotar uma moto com motor flex.

Veja parte do texto publicado:

“Imagine o motociclista parando em um posto de combustível e ouvindo do frentista a seguinte pergunta: “E aí, doutor, gasolina ou álcool”? O que hoje já é uma realidade para os donos de carros vai ser possível para quem tem motos, principalmente as de baixa cilindrada – no Brasil, atualmente, circulam oito milhões de motocicletas e cerca de 80% são modelos de 125 cc a 250 cc”.

.

honda-cg-150 

Agora, é verdade.  Quem for comprar a Honda CG 150 cc pode pedir o novo modelo com motor bicombustível em qualquer revenda no Brasil.  Esta semana, a fabricante de motocicletas deve anunciar oficialmente o início da era flex para as suas motos. 

O evento de lançamento, que está marcado para a fábrica de Manuas, vai apresentar uma nova tecnologia para o setor de duas rodas. Pelo jeito, não deve ser outra, já que recentemente a montadora começou a comercializar alguns modelos de baixa cilindrada com a tão esperada e desejada injeção eletrônica.  Sem carburador, bastava o motor flex, que irá baixar ainda mais a emissão de poluentes e os gastos com combustível.

A moto com motor flex deve incorporar uma sonda lambda (um sensor de oxigênio no escapamento) para auxiliar o funcionamento do sistema de injeção eletrônica, com o intuito de identificar a mudança e quantidade de combustível (álcool ou gasolina).  Com isso, o consumidor irá se beneficiar na hora de abastecer, podendo escolher entre o combustível mais vantajoso.

No Brasil, quem for circular da Bahia até o Rio Grande do Sul deve usar o álcool, já que a vantagem é maior em relação ao combustível derivado de petróleo, a gasolina. Nos estados de Sergipe, Rio Grande do Norte e Piauí, além de Acre, Roraima e Amapá é indicado o uso de gasolina.

Anúncios
comentários
  1. Muito boa a materia!
    Parabéns, apesar de eu nao ter moto ou carro, gostei..

    Parabéns !

    ;D

  2. OSVALDO RODRIGUES disse:

    Depois q me decepcionei com a compra de uma XRE paguei a vista 14.700 ,00 foi como se tivesse jogado no lixo, porque nao pude usar a moto. Na primeira semana de uso vasou oleo pela tampa do cabeçote. Levei para a autorizada e continuou a vazando óleo. Já levei outras cinco vezes e fui tratado mal pelo mecanico totalmente despreparado, tanto o quanto a honda ao colocar uma moto desta no mercado. Já fui orientado por um advogado para pegar as cinco OS e entrar contra a honda para obrigar a devoluçao dos 14.700,00. A, sim, vou pensar em comprar uma XT 660 yamaha. PasseI toda minha vida com honda mas depois dessa vou mudar e oriento todos os amigos a nao comprar XRE porque vão se decepcionar. Acho q a justiça deveria tomar uma posiçao para defender os usurios q ja foram lesados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s