GM: a esperança nunca morre!

Publicado: 15 de julho de 2009 em Automotivo, Opinião
Tags:
Derivado do conceito Viva, o Agile será lançado nos mercados emergentes

Derivado do conceito Viva, o Agile será lançado nos mercados emergentes

Em agosto do ano passado, a Chevrolet do Brasil lançou o crossover Captiva na estonteante região de Los Cabos, na Baixa Califórnia Sul, na divisa do México com os Estados Unidos. Nenhum dos jornalistas brasileiros não imaginava que o grandioso país vizinho, berço das Big Three da indústria automotiva (Ford, Chrysler e General Motors Corporation), entraria em uma “colapso” de descrença mundial.

Depois de amargar enormes prejuízos, pedir concordata (proteção contra falência) e receber um empréstimo bilionário ofertado pelo governo dos Estados Unidos, a GMC conseguiu o que muitos duvidavam. Na última sexta-feira (10), anunciou um plano ousado de reestruturação e criação de uma nova empresa, que será mais “enxuta” e focada em projetos de veículos menores e com motores menos poluentes.

Agora, o antigo conglomerado de marcas será formado pela Buick, Cadillac, Chevrolet e GMC. O dono majoritário é o governo dos Estados Unidos, que detém 60,8% das ações da nova companhia do setor automotivo. Os governos dos Estados Unidos e do Canadá investiram cerca de US$ 50 bilhões (R$ 100 bilhões) para a compra dos ativos da GM e a formação da nova companhia.

Agora, a nova GM, inclusive a Chevrolet do Brasil, terá de fazer um trabalho de reforço da marca junto aos consumidores em todo o mundo. “Hoje é o um novo começo para a General Motors, um dia que permitirá a cada funcionário, incluindo a mim, voltar aos negócios de projetos, construção e vendas de grandes carros para servir às necessidades de nossos consumidores”, disse o presidente da GM, Fritz Henderson, em comunicado à imprensa.

Rumores na imprensa mundial indicam que há a possibilidade da mudança da logo da General Motors, que passaria do azul clássico de hoje para um tom esverdeado. No mínimo, denota um interesse claro na velha máxima: “a esperança é a última que morre“.

Por aqui, o hatchback Agile, novo modelo da Família Viva, deve ser lançado em outubro no mercado brasileiro e, com certeza, será a “nova cara” da empresa nos países emergentes como o Brasil. É esperar para saber se o consumidor vai realmente creditar as suas fichas em veículos da nova empresa da indústria automotiva mundial.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s