Você ainda vai ter um carro chinês!

Publicado: 12 de janeiro de 2010 em Automotivo, Opinião

Nos anos 90, a enxurrada de produtos Made in China invadiu o comércio informal no Brasil. A onda ocorreu em vários países e poucos imaginavam que a força da indústria chinesa poderia chegar ao mundo das quatro rodas. Agora, é bom pensar sobre isso: você ainda vai ter um carro chinês.

Em 2009, a grave crise que assolou o setor automotivo dos Estados Unidos, com a diminuição da produção de veículos dos fabricantes da terra do Tio Sam, terminou antecipando o que era esperada para daqui a dois ou três anos. Hoje, a China passou os Estados Unidos e se transformou no maior mercado de automóveis do mundo.

Na China, a compra de carros novos atingiu a marca de 13,5 milhões de unidades, um crescimento de 45% nas vendas de veículos em relação ao ano de 2008. Segundo o noticiário internacional, os Estados Unidos registraram 10,43 milhões de unidades comercializadas em 2009 – uma queda de 21% em comparação ao ano de 2008. Agora, a China se prepara para ser o principal pólo da indústria automotiva mundial.

Carro chinês

Desde a semana passada, estou com o utilitário chinês Tiggo e não fiquei surpreso ao ouvir a notícia guiando o veículo da Chery. O projeto do Tiggo, lançado em 2005 na China, mostra que os fabricantes de veículos de lá desejam fincar as suas estruturas em todos os segmentos do setor automotivo. Se antes era um dos que duvidavam da qualidade e eficiência da indústria chinesa. Hoje, acredito fortemente e percebo que não é à toa que a Gelly, por exemplo, comprou a Volvo da Ford Motor Company.

A ousadia é das maiores e, lógico, que é preciso muita seriedade e investimentos altíssimos para a China conseguir um grau de qualidade nos seus veículos. A primeira geração do Tiggo que aportou no Brasil ainda sofre de sérios problemas de acabamento interno, ruídos excessivos vindos do motor 2.0 de 134 cavalos e desenho externo que mais parece uma junção de vários veículos que já vi curculando pelas ruas do Brasil e do mundo.

O ano de 2010 será o ano da China. Aqui, o salão do Automóvel de São Paulo será o palco das empresas que possuem pretensões em abocanhar uma fatia no mercado brasileiro. Das novas, a JAC, Jianghuai Automobile Co. Ltd, tem planos bem ousados. Em março, chegam os seus primeiros veículos e, até o fim de 2010, a empresa já começa a vender quatro veículos: J3, em versão hatch e sedã, um modelo compacto com motor 1.3 (hatch e sedã), o J5, um sedã médio com motor 1,5-litro e a minivan. Agora, resta esperar.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s