Arquivo de junho, 2010

A FPT – Powertrain Technologies – inaugurou nesta quarta-feira, dia 30, a fábrica de motores midsize em Campo Largo, Paraná. A unidade fabril vai produzir os novos propulsores E.torQ, nas versões 1.6l 16v e 1.8l 16v, flex e a gasolina. Os motores com tecnologia flex e gasolina irão inicialmente equipar a versão 2011 do Punto no Brasil e outros mercados da América Latina.

De acordo com os planos da FPT, a fábrica irá fornecer os motores para veículos Fiat e, em breve, para outras montadoras instaladas no Brasil. A produção da FPT Campo Largo teve início em fevereiro, com capacidade inicial de 330 mil motores por ano, com previsão de chegar a 400 mil em 2012. A inauguração é o desfecho da aquisição da Tritec Motors – ex-fornecedora de motores para veículos como o Chrysler PT Cruiser e o BMW Mini Cooper – pela FPT, em março de 2008. Desde então, a multinacional italiana realizou investimentos que somam R$ 250 milhões para tornar a fábrica ainda mais moderna, alcançando um patamar de excelência em produtos e processos.

O Punto 2011 fica agora com as seguintes versões:

Punto Attractive – R$ 39.290
Punto Essence 1.8 16V – R$ 44.190
Punto Essence 1.8 16V Dualogic – R$ 46.250
Sporting 1.8 16V – R$ 51.200
Sporting 1.8 16V Dualogic – R$ 53.730
Punto T.Jet 1.4 – R$ 64.670

Malibu enfrenta Azera e Accord

Publicado: 30 de junho de 2010 em Automotivo, Carros, Importados

O sedanzão Malibu já está sendo vendido no Brasil. Importado dos Estados Unidos, o veículo vem equipado com motor 2.4 litros da família Ecotec, de 171 cv, e transmissão automática.

Para enfrentar modelos como o honda Accord, Hyundai Azera e Toyota Camry, o Chevrolet malibu oferece um bom pacote de equipamentos de série, a exemplo de ar-condicionado digital, computador de bordo, que traz dados como o monitoramento individual da pressão dos pneus, direção com assistência elétrica, bancos dianteiros com regulagens elétricas (8 para o motorista e 6 para o passageiro) e aquecimento, sensor crepuscular, espelhos retrovisores eletrocrômicos (que escurecem com a incidência da luz), chave com remote start (sistema idêntico ao do Captiva Sport, que possibilita ligar o carro a distância, permitindo que o sistema de climatização torne o ambiente mais agradável), sistema de som premium com rádio MP3, CD Player, entrada USB e oito alto-falantes da marca Bose, fabricante mundialmente reconhecido pela excelência em equipamentos de som automotivo.

O veículo está posicionado na faixa de preço entre o Vectra Sedã e o Omega. Por aqui, o Malibu LTZ tem preço sugerido de R$ 89.900.

Poucas pessoas sabem, mas a indústria automotiva brasileira está na vanguarda dos motores ambientalmente corretos. A tecnologia flex é uma das alternativas e dá a opção do consumidor escolher entre o etanol e a gasolina, levando em consideração o preço do combustível. Em outros mercados como o do Japão e dos Estados Unidos, os veículos elétricos já são uma realidade.

Esta semana, vou dirigir o Mercedes-Benz S400 Hybrid, o primeiro veículo que será vendido por aqui com a tecnologia híbdrida. O Mercedes-Benz S 400 Hybrid vem com motor 3.6 V6 a gasolina que trabalha em conjunto com um motor elétrico de 20 cavalos. Segundo dados do fabricante, o propulsor manteve a potência e diminuiu o consumo de combustível – na média de combustível, faz de 12,66 km/l.

O preço ainda é bem salgado para o mercado brasileiro: o S400 Hybrid parte de R$ 444.963.