Você ainda vai ter um carro chinês

Publicado: 22 de abril de 2011 em Automotivo, Carros, Importados

Com uma população aproximada de 1,3 bilhão de pessoas, a China indiscutivelmente é o maior mercado consumidor do planeta. Hoje, a China é a maior potência industrial, ficando à frente dos Estados Unidos. Segundo números da Organização Internacional de Construtores de Automóveis (OICA), o gigante chinês somou mais de 18 milhões de unidades em 2010. O Japão ficou em segundo lugar, com pouco mais de 9,6 milhões de unidades.

Esses números deixam as fabricantes de veículos bem otimistas, já que o mercado consumidor chinês está em ebulição. E o Salão de Xangai – que se estende até o dia 1º de maio – reúne os planos futuros e atuais dos principais fabricantes de veículos do mundo.

Dividindo os holofotes com o tradicional Salão de Nova York, o evento de Xangai saiu na frente na apresentação de alguns modelos, como o novo Chevrolet Malibu e a nova geração do Volkswagen Beetle.

So para citar uma marca dos Estados Unidos, a Ford iniciou um plano ousado na China. O Salão de Xangai serviu para o anúncio oficial do lançamento de 15 novos veículos Ford até meados da década. O Mondeo 2011 com motor EcoBoost é uma das atrações no evento chinês, que conta ainda com os modelos elétricos e híbridos Focus Electric, C-MAX Energi e Fusion Hybrid, além do conceito Vertrek e do Edge V6.

A francesa Peugeot, por exemplo, mostrou o 508 produzido com exclusividade para a China. O sedã de luxo ganhou contornos e detalhes para agradar o consumidor chinês. Por lá, devem ser vendidas cerca de 65 mil unidades por ano. A Peugeot vai comercializar também o esportivo RCZ, entre outros modelos, para fincar a “patinha” no território mais promissor do planeta.

Brasil

Aqui, as marcas chinesas começam a incomodar os fabricantes mais tradicionais. Até o início de 2010, eram meia dúzia de fabricantes. As pioneiras Chery e Effa chegaram timidamente a partir de 2008. No Salão do Automóvel de São Paulo, em outubro passado, oito fabricantes marcaram presença. A JAC Motors é a mais recente chinesa que desembarcou seus veículos – o hatch J3 e o sedã J3 Turin – com preço competitivo e um generoso pacote de equipamentos de série (direção hidráulica, ar-condicionado, trio elétrico, airbag e freios ABS).

Em 2011, a marca Chery já definiu os veículos que serão lançados este ano no Brasil. O primeiro será o compacto QQ com motor gasolina 1.1, de 68 cavalos, e câmbio manual de cinco marchas. O torque é de 9,2 kgfm.

O compacto chinês tem visual diferenciado e um generoso pacote de equipamentos de série (direção hidráulica, ar condicionado, airbag, freios ABS, trio elétrico, entre outros). Em agosto, chegam o Tiggo com transmissão automática e o Cielo 1.8 (hatch e sedã) também com câmbio automático. Em setembro, o Fulwin 1.5 e S18 1.3. Os dois veículos têm boas chances de serem produzido na futura fábrica do Brasil.

Leia www.autosemotos.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s