Arquivo de junho, 2013

Rússia, emergente que mais cresce

Publicado: 29 de junho de 2013 em Automotivo

FocusRússia2

A China é um país único. Em 2012, bateu mais um recorde de vendas, com a marca de 16.366.255 carros comercializados, crescimento de 7,4% ante o ano anterior. Os Estados Unidos e o Japão estão em segundo e terceiro lugares. Nada surpreende em um país com dimensões de um continente e que tem uma população de 1,3 bilhão de habitantes.

Isto indica que o eixo econômico mudou, e os países emergentes, especialmente os do bloco BRIC, formado por Brasil, Rússia, Índia e China, estão com as cartas nas mãos.

O Brasil é atualmente a quarta força no ranking automotivo mundial, com 3.644.639 unidades comercializadas em 2012. Já a Índia e a Rússia registraram vendas de 3.093.649 unidades (10,4%) e 2.935.226 unidades (10,6%), respectivamente, no ano passado. Ficam atrás apenas da Alemanha, com 3.298.413 unidades (-3,1%). De todos os emergentes, a Rússia é a que mais cresce.

A queda das vendas de veículos nos países europeus tem reforçado a seguinte tese: quem deseja se estabilizar deve, urgentemente, fazer fortes investimentos nos países emergentes.

Esta semana, a Ford anunciou a produção do seu milionésimo veículo na Rússia. O carro é um Focus. A marca americana chegou em 1907 na Rússia, ficou por um período sem fábrica e retornou em meados dos anos 90 ao país. Este marco de produção é histórico para a Ford, que em 2002 inaugurou uma fábrica para produção de veículos na Rússia. O Focus foi produzido na fábrica em São Petersburgo e faz parte dos 600 mil Focus adquiridos pelos consumidores russos.

Hoje, a Rússia é um dos mercados mais importantes para a Ford na região. Em 2012, suas vendas no país cresceram 11%, somando mais de 130.000 unidades. Além do Focus, o mercado russo tem também modelos como o Kuga, o Explorer e a Transit, que têm contribuído para o crescimento da marca na Rússia. No ano passado, as vendas do Kuga cresceram 45%, as do Explorer triplicaram e as da Transit aumentaram 56%. Desde 2003, o Focus é o líder de vendas entre os veículos de marcas estrangeiras e tornou-se a referência da indústria em segurança, qualidade e design.

Salvador ganha revenda H-D

Publicado: 24 de junho de 2013 em Sem categoria

Imagem

Há uma máxima no mundo das duas rodas que quem tem uma Harley não tem uma moto, tem uma Harley. É assim que os harlistas se classificam. São, de fato, tão especiais quanto as motos Harley. E esta cultura sempre esteve presente entre muitos baianos. Agora, deve crescer ainda mais com a inauguração da Bahia Harley-Davidson, a primeira concessionária baiana da marca das motos mais cultuada em todo o mundo.

A Bahia Harley Davidson fica em Salvador. Depois de alguns atrasos com a obra, a revenda Bahia Harley começa a funcionar para o deleite dos apaixonados pelas cultuadas motos da marca americana Harley-Davidson.

De acordo com Davidson Botelho, um dos sócios da Bahia Harley, a nova loja irá oferecer total assistência aos atuais 450 donos de motos Harley na Bahia. “Acabou a história de ir fazer revisão de moto Harley em outro estado ou trazer um mecânico para a Bahia. Agora, tudo será feito aqui”, garante. Segundo ele, a nova Harley Bahia será a terceira revenda HD no Nordeste do Brasil, que já conta com lojas em Recife e Fortaleza. “Estamos pensando em abrir a loja antes do São João, mas estaremos abertos antes do dia 25 de junho”, adianta.

A revenda Bahia Harley é localizada num terreno de 1.000 m² com três pisos e área útil de 1.800 m² na Avenida Luis Viana (Paralela), número 7291. Contará com 25 colaboradores diretos e, segundo Davidson Botelho, tem planos de vendas de pelo menos 20 modelos por mês. Os modelos mais vendidos são a Fatboy, Heritage, 883R, Iron e a V-Rod, sendo a mais barata de R$ 29.900 e a mais cara R$ 74.000.

A festa de inauguração será no dia 11/07 no Bahia Café Hall, com grandes atrações musicais e a presença do presidente da Harley-Davison do Brasil, Longino Morawski, e mais de mil convidados. Maiores informações no site http://www.bahiahd.com.br.

Buenos Aires mostra sua força

Publicado: 21 de junho de 2013 em Sem categoria

Imagem

Até o domingo, dia 30 de junho, a Argentina respira automóvel. É a 6ª edição do Salão do Automóvel de Buenos Aires, realizada no La Rural, o centro de exposições no tradicional bairro de Palermo.

Este ano a Argentina tem pretensões mais ousadas. Hoje, é o segundo maior mercado de veículos da América do Sul, com previsão de vendas de um milhão de unidades em 2013. Assim, consolida-se e faz dobradinha com o Brasil, maior mercado de carros na América do Sul e quarto no mundo.

No dia dedicado à imprensa, a feira teve como grande vedete o novo 208, hatch da Peugeot que já é vendido no Brasil e que chegará em versão esportiva, a GTi, no começo de 2014 no Brasil.
Hoje, o mercado argentino vem se recuperando e é um parceiro comercial forte do Brasil. Procurando fazer a dobradinha semelhante ao que é realizado atualmente entre os salões europeus de Paris e Frankfurt – que ocorrem em anos diferentes -, o evento de Buenos Aires complementa o Salão Internacional de São Paulo, promovido em anos pares.

As principais fabricantes de automóveis marcam presença e destacam seus produtos para conquistar o complicado mercado argentino e, especialmente, o de outros países como o Brasil. As francesas Peugeot, Renault e Citroën brigam forte pelos holofotes e garantiram grandes prévias para o público. Somente para citar alguns exemplos, as apresentações mais concorridas foram as do Peugeot 208, Renaut Megane hatch com sua versão esportiva RS e o novíssimo Citroën C4 Lounge, o substituto do sedã Pallas.

A Peugeot, por exemplo, usa boa parte do espaço em seu amplo estande para destacar as várias vertentes do hatch 208. O modelo chega em agosto ao mercado argentino já com sua versão esportiva GTi com o potente motor 1.6 turbo gasolina, de 200 cv, e transmissão manual. Usando a mesma mecânica, a marca francesa revelou também o esportivo RCZ, que ganhou novos contornos na carroceria e mais charme para garantir suas vendas no mercado argentino. Por sinal, o novo RCZ terá lançamento em agosto no Brasil.

Para os brasileiros será ofertado o RCZ com motor 1.6 THP de 165 cv e câmbio automático de seis velocidades. Este conjunto motriz também equipa o esportivo GTi que será comercializado somente em 2014 no Brasil.