Francesa DS que duplicar modelos

Publicado: 17 de dezembro de 2014 em Automotivo

Fruto da francesa Citroën, a hoje marca DS entra na rota do crescimento em todo o mundo. No último Salão de Paris, em outubro, surgiu o DS6, modelo produzido na China e, inicialmente, exclusivo para o mercado chinês. Por sinal, o SUV francês esteve exposto no Salão de SP e segue o caminho já trilhado por 9 entre 10 marcas no Brasil. Em tom equilibrado, o italiano Francesco Abbruzzesi, diretor-geral da Citroën do Brasil, reforça que a DS se posicionou como uma marca premium. “Nossa intenção é a de duplicar o número de modelos”, afirma Abbruzzesi.

CLASSIAUTOS

O executivo da Citroën reforça a boa aceitação dos três modelos – DS3, DS4 e DS5 – vendidos no Brasil. Abbruzzesi disse ainda que atualmente a rede de revendas Citroën tem espaço exclusivo para clientes DS e atendimento diferenciado para os veículos da marca. “Não dá para ser igual, até porque nosso cliente DS vai atrás de um veículo premium”. Sobre a possibilidade de a marca DS entrar no segmento dos crossovers urbanos no Brasil, Abbruzzesi adianta que, por enquanto, não há planos de importar o DS6.

Lançada em maio de 2012 no Brasil, a DS briga na faixa de preço dos modelos da Audi, Mercedes-Benz, BMW e Mini.
Ao longo de 2014, a marca francesa conseguiu emplacar 291 unidades do DS3. No entanto, o modelo campeão de vendas é o DS4 – com 392 unidades. Já o DS5 registrou de janeiro a novembro 179 unidades vendidas no Brasil.


Salvador pode sediar o HOG Rally 2015

A capital baiana pode sediar em 2015 o Hog Rally, o maior evento de donos de H-D do Brasil. Davidson Botelho, da revenda Bahia H-D, adianta que Brasília também está no páreo para receber 1.500 harleyros entre os dias 18 e 21 de abril. “A decisão sai em breve”, diz Botelho, que promoveu uma festa no Hotel Deville para a troca da diretoria do H.O.G. Bahia, exclusivo grupo de proprietários de motos H-D. Saiu Ricardo Pondé (2014) e chegou o harleyro Frederico Machado (2015).

Chevrolet apresenta Onix Effect

Sem os hatches Agile e Sonic, a Chevrolet do Brasil aposta suas fichas no Onix. Assim, surge o Onix Effect, modelo com apliques e elementos esportivos. Custando R$ 50.190, o Onix Effect vem com motor flex 1.4, de 106 cavalos, e câmbio manual de cinco marchas. A base é a versão LTZ, a mais equipada, que incorpora adesivos na coluna B e na parte baixa das laterais. Há duas opções de cor: branco summit e vermelho pepper.

Chega o BMW X5 M50d

A alemã BMW valoriza seus utilitários. Acaba de tMeta da francesa DS é duplicar oferta de modelosazer o SUV premium X5 em duas versões com motor 3.0 triburbo, de 381 hp de potência. O X5 M50d custa R$ 474.950.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s