Arquivo da categoria ‘Automobilismo’

Imagem

Nem dá para negar que a Stock Car é um acontecimento na Bahia. Ao chegar em Salvador em 2009, a categoria mais importante do automobilismo brasileiro bateu recorde de público e preencheu uma lacuna na vida do baiano. Mas, todos aqui se perguntam: e o tão desejado autódromo? É complicado obter uma resposta. Há quem use a possibilidade de um empreendimento para competições de automobilismo – Stock Car, Fórmula Truck (caminhões) e brasileiro de marcas, por exemplo – apenas como “plataforma” para se agarrar “nas benesses do poder”.

Neste domingo, as arquibancadas do Centro Administrativo da Bahia, local da prova da Stock Car, estiveram praticamente lotadas, com cerca de 50 mil expectadores para assistir a vitória do piloto Ricardo Maurício na etapa baiana da temporada 2013.

E nos camarotes oficiais nenhum dirigente ou mesmo um representante do governo garantiu que a Bahia terá, de fato, um autódromo dentro das normas de segurança da Federação Internacional do Automobilismo (FIA) ou da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA).

Um evento como a Stock Car gera investimentos altos e retorno garantido para o governo e organizadores. A prova baiana tem previsão de gerar cerca de R$ 20 milhões. Isso incluem os acordos financeiros entre governo e organização, além de ganhos financeiros dos segmentos (comércio e rede hoteleira) envolvidos.

De maneira mambembe ou no improviso, o CAB se transforma em um autódromo. Esta é a quinta prova da Stock Car em solo baiano e quase acaba mais uma vez com o pace car (carro-madrinha) na pista, igualzinho a outras duas corridas realizadas aqui. Na prática, não divide emoção com o público, que lota as arquibancadas e não quer “pagar” para assistir provas mornas, sem ultrapassagens e brigas sadias entre os pilotos.

Sem empenho

O governador Jaques Wagner usou o palanque da edição 2013 para adiantar que já existe um protocolo de intenções assinado para a prorrogação do contrato para a realização da corrida até 2018. “Desde a primeira corrida, a intenção era fazer um grande evento esportivo, atraindo turistas e movimentando a economia. O sucesso dessa prova é o que motiva a prorrogação do contrato”, disse Wagner, em entrevista ao Jornal A TARDE.

Estudos feitos pela Universidade Federal da Bahia, em parceria com outras organizações locais, apontam que são necessários cerca de R$ 40 milhões para a construção de uma “praça esportiva” dedicada ao automobilismo no Estado. Aqui, o autódromo serviria para garantir uma programação mais dinâmica de corridas e provas. Com isso, os pilotos atuais e jovens com talento para o esporte a motor poderiam praticar uma das modalidades do automobilismo, criando uma cultura mais forte de corridas e, em alguns casos, saindo dos “rachas” e “pegas” nas ruas e avenidas de Salvador.

Empresários locais e dirigentes da Federação de Automobilismo da Bahia já se mostraram empenhados na luta em prol de um autódromo. Os supostos terrenos em Camaçari já foram visitados e quase vistoriados, como muitos gostam de sair por aí “arrotando” suas ações em favor das causas do automobilismo na Bahia.

O que se percebe é que é “tudo cena” para ganhar um falso status no cenário do automobilismo baiano. Meses antes ou dias antes da prova baiana da Stock Car, os cartolas do automobilismo surgem com discursos sobre os seus planos “mirabolantes”. Depois, aproveitam os holofotos com os copos cheios e, em seguida, esquecem temporariamente seus ideais. Estes sim são líderes ao velho estilo chavista ou esquerdista da ilha de Cuba e saem ganhando com a prova de rua da Stock Car na Bahia.

Anúncios

Duelos no Rally dos Sertões 2011

Publicado: 23 de agosto de 2011 em Automobilismo

O Rally dos Sertões é uma das provas mais difíceis do mundo. Estradas de chão batido, trechos de lama e obstáculos como rios e trilhas das mais complicadas são rotinas a serem vencidas. E o piloto cearense Tom Rosa, 46 anos, foi o grande ganhador na sua categoria com o quadriciclo Yamaha YFM 700R.

Tom iniciou sua vitória na quarta etapa, liderando a prova frente seus concorrentes. E a vantagem foi boa para o segundo colocado, que chegou 3h 27 min 50s depois na bandeirada da vitória do Rally dos Sertões 2011.

Desde que começou a pilotar quadriciclo, há 11 anos, Rosa já conquistou títulos em provas, como o Rally Cerapió, o Rota Maranhão, o RN 1500, e em 2010 em sua primeira participação no Sertões foi o vencedor na categoria com um modelo Yamaha YFZ 450R.

Vencedor categoria carros

Na categoria carros, a dupla da Equipe Mitsubishi Brasil Guiga Spinelli e Youssef Haddad ficou em primeiro lugar no Rally dos Sertões 2011. Foram 4.026 km, cinco estados e 11 cidades passando pelo deserto do Jalapão, rios, serras, pedras, cascalhos de Goiânia (GO) até Caucaia (CE).

O roteiro do Sertões

Foram 10 dias e 4026 kms de percurso, Desses 60% são de especiais, 2411 km de trechos cronometrados. O roteiro foi duro, com muitas dificuldades e este ano foi criada a categoria exclusiva quadriciclos.

Veja o resultado:

Motos
1º Cyril Despres
2º Felipe Zanol
3º Dário Júlio

Quadriciclos
1º Tom Rosa
2º Leonardo Franco
3º José Demontier

Carros
1º G. Spinelli/Y. Haddad
2º P. Nobre/F. Palmeiro
3º K. Kolberg/F. França

Caminhões
1º E. Piano/S. Mendes
2º R. Conde/J. Papacena
3º G. Salvini/F. Bisi

Trajetos das etapas

1° Dia – 10/08 Quarta Feita – Goiânia( GO) / Pirenópolis(GO)
2° Dia – 11/08 Quinta Feira – Pirenópolis(GO) / Porangatu(GO)
3° Dia – 12/08 Sexta Feira – Porangatu(GO) / Gurupi(GO)
4° Dia – 13/08 Sábado – Gurupi(GO) / Mateiros (Jalapão/TO)
5° Dia – 14/08 Domingo – Mateiros(TO) / São Felix do Jalapão(TO)
6° Dia – 15/08 Segunda Feira – São Felix do Jalapão(TO) / Balsas(MA)
7° Dia – 16/08 Terça Feira – Balsas(MA) / Teresina(PI)
8° Dia – 17/08 Quarta Feira – Teresina(PI) / Jericoacoara(CE)
9° Dia – 18/08 Quinta Feira – Jericoacoara(CE) / Jericoacoara(CE)
10° Dia – 19/08 Desta Feira – Jericoacoara(CE) / Cumbuco(CE)

O automobilismo sempre esteve presente em Salvador. No passado, os carros de corrida “passeavam” nas avenidas Centenário e da orla da Barra, transformadas em pista de velocidade.

Sem uma infraestrutura adequada de autódromo, Salvador ainda assim entrou no cirtuito da Stock car, a categoria mais importante do automobilismo brasileiro. Pelo terceiro ano, as ruas do CAB são o palco de uma etapa da Stock Car, que será realizada no dia 4 de setembro. Vencido pelo piloto Cacá Bueno nas edições de 2009 e 2010, o GP Bahia terá o mesmo traçado. E o público já pode garantir seu lugar para acompanhar de perto tudo isso. As ruas soteropolitanas recebem também os ‘pegas’ do Mini Challenge.

A venda de ingressos já começou – confira onde comprar no www.autosemotos.com . A etapa baiana é válida pela oitava etapa da temporada 2011 da Copa Caixa Stock Car. Antes de Salvador, os pilotos brigam pela premiação na Corrida do Milhão, que será realizada no próximo domingo, no autódromo de Interlagos em São Paulo. Até agora, quem lidera o campeonato é Thiago Camilo, com 97 pontos, seguido de Cacá Bueno (83) e Átila Abreu (71).

Veja onde comprar seu ingresso:

Salvador Shopping – Piso L1 – em frente à loja ADCOS
Horários: de segunda a sábado, das 9h às 22h; domingo, das 13h às 21h
Forma de pagamento: dinheiro, cartões de débito, crédito MC, Visa, Amex e Diners

Canais de venda Tickets for Fun:
Site: http://www.ticketsforfun.com.br – sujeito a taxas
Callcenter: (11) 4004-5588

SETORES E VALORES DOS INGRESSOS:
Setor BALANÇA – acesso avenida 1:
Arquibancada BE1 – R$100,00 (inteira) / R$50,00 (meia)
Arquibancada BE3 – R$100,00 (inteira) / R$50,00 (meia)

Setor ROTATÓRIA – acesso avenida 2
Arquibancada R2 – R$ 100,00 (inteira) / R$50,00 (meia)

Setor PRAÇA – acesso avenida 4
Arquibancada P3 – R$ 90,00 (inteira) / R$45,00 (meia)

Setor PNE – acesso avenida 2
(exclusivo para portadores de necessidades especiais)
Arquibancada PNE – R$ 100,00 (inteira) / R$50,00 (meia)