Arquivo da categoria ‘Avaliação’

Além de ter um belo visual, o novo Porsche Cayenne 2011 é um veículo valente. Veja ai as qualidades do Cayenne nas areias do deserto de Dubai. Por aqui, desembarcam as versões S e Turbo. A primeira é equipada com motor 4.8 V8, de 400 cavalos – 15 cv a mais que antes. No Cayenne Turbo (motor 4.8 V8 biturbo), a potência é de 500 cv. Custam R$ 379 mil e R$ 555 mil, respectivamente.

0059

A renovação do mix de veículos é extremamente necessário para garantir o crescimento no mercado. E a Chevrolet acaba de lançar o hatchback Agile, primeiro modelo da Família Viva. Desenvolvido no Brasil, o novo veículo é produzido na planta de Rosário, Argentina. O hatch Agile chega ao mercado brasileiro a partir do dia 19 deste mês em duas versões de acabamento, a LT e a topo da linha LTZ.

0084

Equipado com motor 1.4 Econo.Flex, o Chevrolet Agile será vendido por R$ 37.708 na versão LT e R$ 39.601 na configuração topo da linha LTZ. O Agile traz itens exclusivos, como o controlador de velocidade de cruzeiro (piloto automático), computador de bordo com seis funções, banco do motorista e volante ajustáveis, além de 27 porta-objetos, inclusive com um compartimento específico para o navegador com GPS, e um painel repleto de recursos e instrumentos digitais em mostradores analógicos.

Vem ainda com controles de ar-condicionado e ventilação com display digital, faróis com acendimento automático, desligamento temporizado dos faróis após o desligamento do motor (guia de luz para auxílio em locais escuros), acendimento automático das luzes externas, quando as portas são destravadas pelo controle remoto, abertura automática dos vidros das portas com acionamento por controle remoto e seta de indicação de mudança de faixa temporizada (basta ao motorista dar um leve toque e a seta pisca três vezes, para indicar ao carro que vem de trás a intenção do motorista).

0137

O motor 1.4 Econo.Flex atinge 102 cv a 6.000 rpm de potência, abastecido com álcool, e 97 cv a 6.000 rpm com gasolina. O torque é de 13,5 kgf.m a 3.200 rpm de torque, com álcool, e 13,2 kgf.m a 3.200 rpm, com gasolina.

Lançado em março deste ano, o sedã compacto Symbol reúne o que uma família de quatro pessoas realmente precisa: espaço interno, bom motor (1.6 Hi-Torque), porta-malas de 506 litros e um kit de equipamentos de conforto para mimar os ocupantes.
Produzido na Argentina, o Symbol chegou com a missão de substituir o Clio sedã, que nunca teve grandes volumes de vendas no Brasil. Para isso, a marca francesa elegeu a versão Authentique, equipada exclusivamente com o motor 1.6 8V H-Torque, de 92 cavalos (gasolina) e 95 cavalos (álcool) atingidos em 5.250 giros.
O sedã da Renault tem um conjunto visual bem atraente e surpreende pela grade com detalhes cromados, faróis e para-choque alongados, laterais com linhas marcantes e traseira com grandes lanternas. Porém, a Renault teve que suprimir alguns itens de série no modelo de entrada do Symbol. De fábrica, oferece direção hidráulica, ar-condicionado, travas e vidros elétricos, sistema de fechamento das portas, regulagem manual dos retrovisores e painel de instrumentos em dois tons. O maior diferencial é o airbag para motorista e carona.
Acabamento A versão Authentique do Symbol tem design externo de segmento premium. Porém, a Renault cometeu pecados no acabamento do seu sedã compacto. Na parte externa, as maçanetas feitas em plástico nas portas não combinam em nada com o visual mais nobre do sedã. Além disso, soluções como o pino das portas traseiras, a localização dos porta-copos, o alerta de indicação de direção não agregam valor para diferenciar o sedâ Symbol dos concorrentes diretos (Fiat Siena, Chevrolet Prisma e Volkswagen Voyage).