Arquivo da categoria ‘Fora de Série’

A sintonia de celebridades e veículos sempre deu pano para comentários dos mais interessantes. Há estrelas que gostam de desfilar em carrões. Há outros astros que possuem superesportivos e são grandes conhecedores e têm pé pesado na hora de acelerar.

Não é raro encontrar cantores e integrantes de bandas famosas em limusines ou em veículos exclusivos. Com shows marcados no Brasil, a banda ZZ Top vai circular a bordo de um PT Cruiser tunado e personalizado, denominado de ZZ Cruiser.

Assinado pelo ex-piloto Emerson Fittipaldi, o Chrysler PT Cruiser na versão ZZ Cruiser vai passar por uma transformação no estilo rocker. O guitarrista e vocalista Billy Gibbons é considerado um dos maiores entusiastas e colecionadores de automóveis customizados e Hot Rods do mundo. Sua coleção inclui veículos originários de todos os países nos quais o ZZ Top realiza turnês, comumente utilizados para estampar as capas dos discos da banda.

O veículo estará exposto na entrada do Via Funchal, onde acontecerão os shows, nos dias 20 e 21 de maio.

Anúncios

No meio da crise financeira dos Estados Unidos, em 2009, a General Motors Corporation anunciou que poderia se desfazer de suas marcas, a fim de reequilibrar os balanços e, principalmente, o rombo financeiro da empresa. Depois da ajuda do governo americano, marcas como a Hummer ficaram na prateleira. Esta semana, a má notícia abalou a indústria automotiva, com o anúncio do fechamento da fabricante de brutamontes, conhecidos como carro da guerra do Iraque.

O motivo real foi a desistência dos empresários chineses de comprar a Hummer, que surgiu nos anos 80, com o Humvee (em inglês, High Mobility Multiporpose Wheeled Vehicle). De veículo tático e de guerra, o H1 ganhou algumas sofisticações para agradar os amantes de aventuras 4×4.

O conceito Hummer ficou mais popular com a Guerra do Golfo, em 1992. A partir da virada do século, a GMC investiu na marca e lançou, recentemente, o Hummer H2 Flexpower, equipado com motor menos beberrão e mais “verde”.

A linha Hummer tem dimensões impressionantes. O H1 media 4,69 metros de comprimento, 2,20 m de largura e 2 m de altura. O motor 6.6 movido a diesel despeja 300 cavalos e é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 13,5 segundos.

Em 2002, a marca apresentou o H2, bem maior em relação ao modelo H1. Em seguida, surgiram também o Hummer H3 5.3 Alpha 4X4 V8 Gasolina 4P automático, Hummer H2 6.2 4X4 V8 Flex 4P automático, Hummer H2 6.0 4X4 V8 Gasolina 4P automático, entre outros.

Opala, do grego opallios e do latim opalus, significa pedra preciosa. Na indústria automotiva brasileira, remete-se a um dos principais ícones, o Chevrolet Opala produzido entre 1969 e 1992 no Brasil. Em Salvador e demais cidades brasileiras, ainda há uma legião de aficionados pelas versões sedã e coupé do Opala, além da perua Caravan.

No próximo sábado, opaleiros e amantes do antigomobilismo promovem a Festa de Confraternização do Clube do Opala da Bahia, no Clube ASSALBA-Itapoã, atrás do Bompreço, na Avenida Dorival Caymmi.
A entrada custa R$ 20 e inclui espetinhos e refrigerante, além do lazer em piscinas e parque infantil. Crianças até 7 anos não pagam.

O encontro será precedido de uma carreata, com saída prevista às 11h30 do Salvador Shopping em direção ao Clube. Em seguida, haverá ainda o tradicional baba “Doidos por Carro, em sua 3ª edição, em um campo de grama sintética. Segundo Adriano Freitas, presidente do Clube do Opala da Bahia, já estão confirmados os times dos Opaleiros e Fusqueiros. “Cadê a galera dos antigos, ajeitem seus “radiadores” que o bicho vai pegar”, brinca o opaleiro.

Ficha técnica:
Fabricante: Chevrolet, grupo General Motors
Produção: 1969 — 1992
Sucessor: Chevrolet Omega
Tipo de Carroçaria: Coupé (2 portas)
Sedan (4 portas)
Motor: Quatro cilindros:
2,5 L “2500” (153 pol3)
2,5 L “151” (151 pol3)
2,5 L “151-S” (151 pol3)
Seis Cilindros:
3,8 L “3800” (230 pol3)
4,1 L “4100” (250 pol3)
4,1 L “250-S” (250 pol3)