Arquivo da categoria ‘Recall’

A história recente da Toyota mudou da água para o vinho. Antes os carros japoneses eram garantia de qualidade. De uns tempos para cá, a dúvida paira no ar por conta do maior recall realizado em veículos Toyota. Na semana passada, a Toyota anunciou a convocação dos proprietários do sedã Corolla produzidos entre março de 2008 e dezembro de 2010.

Desta vez, o recall inclui 144.500 proprietários do sedã Corolla nas versões XLi, GLi, XEi, SE-G e Altis. O novo chamamento é para a substituição do sistema de partida a frio. A filial brasileira da montadora convocou 107 mil unidades do Corolla em abril do ano passado para a substituição do tapete do lado do motorista, que poderia se mover e prender o acelerador, causando acidentes.

Segundo o comunicado da Toyota, há risco de a mangueira apresentar pequenas fissuras que podem ocasionar vazamento de gasolina. Até o momento não houve nenhum carro com o problema. Porém, a precaução é a melhor maneira para resolver o defeito, que pode gerar até incêndio no sistema de partida a frio do motor do Corolla.

O atendimento será realizado a partir desta terça-feira. A Toyota pede aos clientes para agendar o serviço previamente. Informações no telefone 0800 703-0206 (ligação grátis) e no site http://www.toyota.com.br.

Confira os números de chassis dos Corolla:

9BRBB42E09-9BRBB42EX9

De 5000542 a 5055571

9BRBB48E09-9BRBB48EX9

De 5000541a5055592

9BRBB42E09-9BRBB42EXA

De 5055598 a 5116530

9BRBB48E09-9BRBB48EXA

De 5055594~5116529

9BRBD48E0A-9BRBD48EXADe 2500002 a 2500007

9BRBB42E0A-9BRBB42EXBDe 5116534a 5151708

9BRBB48E0A-9BRBB48EXADe 5116531 a 5126284

9BRBD48E0B-9BRBD48EXBDe 2500008 a 2525074

Anúncios

Publicado: 21 de janeiro de 2011 em Automotivo, Carros, Recall, Serviços
Tags:, , ,

O ano de 2010 foi de recordes de vendas de veículos e, também, de recall no Brasil. Posso até estar exagerando, mas praticamente todas as montadoras de veículos usaram o artifício do chamamento para a troca de peças ou componentes com problemas de defeito de fabricanção.

O ano nem começou e a Ford anunciou o recall dos modelos EcoSport e Fiesta RoCam Hatch e sedã. A situação envolve os dois modelos – cerca de 300.860 unidades – que devem passar pelo recal por causa de eventuais problemas com a fechadura da porta traseira.

Segundo a assessoria de imprensa da Ford, o recall do Ecosport, anos 2007, 2009, 2009, e Fiesta, anos 2008 e 2009, deve ser feito para a verificação do componente. Foi constatada a possibilidade de variações dimensionais do mecanismo da trava de segurança das portas traseiras. Com isso, será necessária a substituída da fechadura da porta traseira. Os modelos Ford Ecosport 2011 também vão passar por recall.

Veja os chassis:
EcoSport 2007/2008/2009 – chassis de nº 500004 até 999999
Fiesta RoCam 2008/2009 – chassis de nº 107522 até 423122
EcoSport 2011 – chassis de nº 575295 até 598749

Para mais informações a Ford disponibiliza o telefone 0800 703 3673 ou o site http://www.ford.com.br

O recall – o chamamento para substiutição de alguma peça defeituosa – já virou uma rotina. Mensalmente, sempre tem um no Brasil. Agora, a chinesa Effa Motors convocou os donos compacto M100 vendido entre 2008 e 2010 no País. O recall é para a averiguação dos dois cintos de segurança laterais do banco traseiro do carro.
Na revenda, o técnico da oficina irá observar se os cintos são do tipo diagonal, com apenas dois pontos, ou se são de três pontos. Os cintos de segurança de dois pontos serão gratuitamente substituídos pelo modelo de três pontos. A ação da Effa Motors não inclui os cintos de segurança dianteiros do M100, que são de três pontos e seguem rigorosamente todas as normas brasileiras.

Segundo o comunicado de recall, “a Changhe, fabricante do modelo na China, enviou para o Brasil, por engano, parte dos carros com os cintos de segurança traseiros do tipo diagonal. Por uma falha interna da Effa Motors, estes veículos acabaram sendo comercializados em nosso mercado”. De acordo com a legislação brasileira, porém, os cintos de segurança devem ser de três pontos nas duas laterais do banco traseiro. A substituição dos cintos traseiros do M100 será efetuada pelas concessionárias em cerca de uma hora.

A Effa Motors recomenda ao consumidor o prévio agendamento da visita junto ao concessionário de sua preferência, a partir do dia 16 de novembro. A marca conta hoje com 66 concessionárias em operação no Brasil. O consumidor pode consultar o distribuidor mais próximo da sua casa pelo site http://www.effamotors.com.br ou solicitar mais informações pelo telefone (11) 4153-3253.