Oferta de híbridos será maior a partir de 2010

Publicado: 21 de maio de 2009 em Automotivo
Tags:
Carros híbridos sempre têm espaço nos salões internacionais

Carros híbridos sempre têm espaço nos salões internacionais

Em 2008, as vendas de veículos atingiram a marca de 2,82 milhões de unidades e a produção chegou a 3,214 milhões no Brasil, segundo dados da Associação de Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). A maior parte dos modelos é equipada com motor flex. Hoje, o Brasil é o quinto maior mercado de veículos do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, China, Japão e Alemanha. E, infelizmente, quase nada se faz para alinhar o nosso mercado às tendências que chegam nos Estados Unidos, Japão e nos países europeus.

Por lá, a maioria das montadoras já apresentou pelo menos um modelo de carro híbrido ou com propulsor de tecnologia que diminui as emissões de gases poluentes no meio ambiente.

O engenheiro Edson Orikassa, diretor de tecnologia da Associação Brasileira de Engenharia Automotiva, garante que a oferta dos híbridos será maior a partir de 2010 em todo o mundo. Segundo Orikassa, a rigidez da legislação ambiental obriga a produção de propulsores cada vez menos poluentes nos Estados Unidos, Japão e na Europa.

Nos Estados Unidos, por exemplo, as três grandes montadoras de veículos – Ford, General Motors e Chrysler – correm atrás das fabricantes japonesas. Em todo o mundo, as novidades surgem a cada dia. Na Austrália, a Toyota mostrou um carro híbrido com design futurista. A GM, por sua vez, já anunciou a criação de uma unidade de engenharia dedicada a carros híbridos e elétricos. Recentemente, a Chrysler apresentou seus híbridos Dodge Durango e Chrysler Aspen.

No mês passado, a Peugeot mostrou o 3008, seu primeiro crossover no mundo, e já garantiu que, no segundo semestre, será lançada uma versão com motor híbrido, baseada no concecpt-car Prologue HYbrid4 mostrado no Salão de Paris, no ano passado.

O 3008 híbrido será equipado com um motor 2.0 HDi FAP de 163 cavalos e outro elétrico com uma capacidade máxima de 37 cv, somando uma
potência total de 200 cavalos. O modelo será o primeiro veículo
da marca a ser equipado com um motor híbrido.
Entre as marcas de veículos esportivos, a Porsche saiu na frente. Em 2010, a fabricante vai oferecer o Cayenne S com um conjunto de transmissão novo, de oito marchas, acoplado a um motor híbrido de quatro cilindros, que pode atingir de zero a 100 km/hora em sete segundos. O propulsor elétrico tem capacidade de levar o carro a atingir os 140 km/h de velocidade, sem a necessidade de utilizar o motor de combustão. Isso significa mais potência disponível e emissão menor de poluentes.

Esta matéria foi publicada no caderno Motor, do Jornal A Tarde

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s